terça-feira, 24 de maio de 2011

Sexo, um dos principais deuses do brasileiro.

Por Renato Vargens

Uma pesquisa que mapeou o comportamento do brasileiro na cama mostrou que eles estão fazendo cada vez mais sexo sem se preocupar em ter um envolvimento afetivo com o parceiro. Dos homens entrevistados, 75,8% confessaram que colocam amor e sexo em lados separados da cama. Os cariocas foram os campeões: 82,7% deles afirmam que transam muito e sem qualquer compromisso numa boa. Os dados sobre o comportamento sexual do brasileiro foram revelados na pesquisa Mosaico Brasil. Coordenado pela psiquiatra Carmita Abdo, do Projeto Sexualidade (ProSex) do Hospital das Clínicas de São Paulo, o levantamento ouviu mais de 8.200 brasileiros de dez capitais.

Caro leitor, infelizmente nosso país tem vivido debaixo da influência de um dos mais fortes deuses do mundo, o sexo. Na verdade, quase tudo que vem acontecendo ultimamente nesse tupiniquim país gira em torno do sexo. Lamentavelmente, os assuntos discutidos e tratados nos mais variados ambientes sociais falam de sexo. São os homossexuais que querem liberdade fara fazer sexo sem preconceito, são os heterosexuais que em ritmo frenético cultuam seus corpos, lotando as academias de ginástica, para desfrutarem de uma vida sexual multifacetada. É o governo, empurrando goela abaixo da sociedade a normalidade da bisexualidade distribuindo nas escolas o kit gay para crianças. São alguns formadores de opinião impondo suas percepções pansexuais sobre a sociedade civil, levando muitos a acreditar que o bom sexo pode e deve ser feito com tudo e todos, incluindo meninos e meninas.

Para piorar a situação os números da indústria pornô são impressionantes e apontam para o profundo estado de depravação humana, senão vejamos:

43% de todos os internautas vêem material pornográfico (1 de cada 3 são mulheres);
Apesar de, pelo primeiro ano, não aparecer como os termos mais buscados no Google Brasil, "sexo" e "pornô" permanecem dentro do top 5 de palavras mais buscadas por jovens abaixo dos 18 anos;
Só 3% dos sites requerem uma verificação de idade;
Só 0,5% dos sites tem certificadores de conteúdo;
35% de todas as descargas em internet são relacionadas a pornografia;
A média de tempo para ver pornô na internet é de 15 minutos;
10% dos usuários que vêem pornô admitem ser viciado à pornografia;
Em todo mundo a pornografia gera ganho de 97 mil milhões de dólares (28% China, 27% Coréia do Sul, 21% Japão, 14% EUA);
Estados Unidos gasta 13.600 milhões de dólares em pornô;
Companhias como a Time Warner, GM e Marrriot fazem milhões vendendo erotismo;
San Fernando Valley (ao sul da Califórnia) produz 90% de todos os filmes pornográficas e estreia 20 mil filmes para adultos ao ano;
Uma estrela pornô feminina pode ganhar em qualquer lugar de 100 mil a 250 mil dólares ao ano;
Em média uma ator pornô pode ganhar até 40 mil anuais;
15 novos casos de DSTs de atores e atrizes pornô são reportados a cada semana.

Caro leitor, infelizmente a indústria do sexo movimenta milhões de dólares no mundo, inteiro escravizando um número incontável de pessoas que vivem na e da prostituição. Sem sombra de dúvidas os números acima retratam o estado de perversão do ser humano quanto a sexualidade.

Isto posto, sou tomado pela convicção que definitivamente a humanidade encontra-se absorta em pecado adorando transloucadamente o sexo, fazendo dele o seu mais venerável deus.

Ora, alguém já disse que o pecado é a enxada que cava a sepultura dos homens. A Bíblia afirma categoricamente que “todos pecaram, e que todos estão destituídos da graça de Deus.” (Rm 3:23), diz também “que o salário do pecado é a morte” (Rm 6:23), e que quem peca, “transgride a lei” (I Jo 3:04), e que o pecado faz separação entre os homens e Deus. (Is 59:02)

Prezado amigo, a Bíblia diagnostica o pecado como uma deformidade universal da natureza humana, deformidade que se manifesta em detalhes na vida de cada indivíduo. A doutrina reformada ensina que o homem é totalmente depravado e que necessita desesperadamente de salvação. O Apostolo Paulo ao escrever a igreja de Éfeso afirmou: "estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais" (Efésios 2:1-3). Ora, segundo o ensino paulino toda pessoa não regenerada pelo Espírito Santo de Deus está espiritualmente morta, fazendo a vontade da carne, do mundo, além de viver uma vida absolutamente escravizada por Satanás.

Em outras palavras, isso significa que cada um de nós nasceu como um completo pecador. Nossa essência é pecadora, todo nosso ser é pecador, nossa mente, emoções, desejos, e até mesmo nossa constituição física está corrompida, controlada, e desfigurada pelo pecado e seus efeitos. Ninguém escapa desse veredicto. Nós somos totalmente depravados. Efésios 2:1 resume a doutrina da depravação total ao afirmar que os homens estão mortos em delitos e pecados. À luz desta verdade sou obrigado a confessar que a condição humana não poderia ser pior. Entretanto, Deus sendo rico em misericórdia por causa do grande amor com que nos amou nos deu vida em Jesus salvando-nos da ira vindoura e libertando-nos da escravidão do pecado.

Por Cristo e em Cristo não somos mais escravos da prostituição e da idolatria do sexo

Louvado seja o Senhor que nos salvou do pecado, dando-nos vida, libertando-nos do diabo e livrando-nos do juízo eterno! A Ele toda nossa gratidão!

Pense nisso!

2 comentários:

  1. Precisando de uma mensagem de consolo, então acesse o nosso site, e assista nossas mensagens, Sempre Deus tem uma mensagem para você nas horas dificeis

    http://www.assembleiabelem.br22.com/

    ResponderExcluir
  2. eXCELENTE MENSAGEM.

    ResponderExcluir